O que fazer quando o convênio médico pede nota fiscal

Qual a melhor tributação para clínica médica?
Qual a melhor tributação para clínica médica?
16 de setembro de 2021
Fator R para médicos
O que é FATOR R para médicos e clínicas médicas?
23 de setembro de 2021
O que fazer quando o convênio médico pede nota fiscal

O que fazer quando convênio médico pede nota fiscal? Essa é uma dúvida muito comum de médicos, dentistas e outros profissionais que possuem convênio para atendimento com planos de saúde.

Planos de saúde são uma ótima alternativa para que médicos e outros profissionais da área de saúde conquistem um número maior de clientes e aumentem significativamente o seu volume de atendimentos e por consequência a sua renda.

Para que se tenha uma ideia, estatísticas recentes do Instituto de Estudos de Saúde Suplementar (IESS) apontam que o Brasil conta com cerca de R$ 47,5 milhões de beneficiários nos planos de saúde.

Com o significativo número de beneficiários, não restam dúvidas, oferecer atendimento conveniado a planos de saúde é um excelente negócio.

No entanto, o que fazer quando o convênio médico pede nota fiscal para liberação do pagamento?

Ao afiliar-se a planos de saúde, muitos profissionais não sabem, mas a liberação do pagamento pelos serviços prestados está na maioria dos casos, condicionada a emissão de nota fiscal.

Na prática, isso significa que por mais que o profissional tenha prestado o serviço, o convênio médico não liberará o pagamento sem a apresentação de uma nota fiscal.

Sendo assim, fica a dúvida: o que fazer quando o convênio médico pede nota fiscal?

Os convênios médicos estão exigindo nota fiscal para liberar o pagamento pelos serviços prestados? Continue conosco e confira como resolver essa situação.

 

O que fazer quando o convênio médico pede nota fiscal?

O convênio médico pediu nota fiscal, e agora, o que o médico e demais profissionais de saúde podem fazer para resolver esse problema e receber pelos serviços prestados?

Existem basicamente duas soluções para resolver essa questão, são elas:

Cadastro no CCM

Médicos e demais profissionais de saúde que atuam como pessoa física, ou seja, não possuem CNPJ podem emitir nota fiscal com o cadastro no CCM.

O CCM – Cadastro de Contribuintes Mobiliários, permite que prestadores de serviços que atuam como pessoa física emitam nota fiscal.

Para obter esse cadastro, o profissional precisa procurar um contador ou a prefeitura do seu município.

Com um CCM ativo, você receberá acesso ao sistema para emissão de notas fiscais e poderá faturar a nota exigida pelo convênio médico.

No entanto, vale destacar que em algumas cidades podem não disponibilizar esse tipo de cadastro.

Cadastro como Pessoa Jurídica

A segunda alternativa, consiste na abertura de empresa para prestação de serviços de saúde.

O médico ou profissional de saúde que decide abrir uma empresa receberá um CNPJ – Cadastro Nacional da Pessoa Jurídica e autorização para emissão de notas fiscais.

Por sinal, esse é o caminho mais indicado para os profissionais de saúde, não somente em função da necessidade de emissão de nota fiscal, mas também em função da economia de impostos.

Muitos profissionais autônomos não sabem, mas na maioria dos casos, é possível economizar no pagamento de impostos com a abertura de uma empresa.

Como emitir nota fiscal de serviços na Prefeitura de São Paulo

O que fazer quando o convênio médico pede nota fiscal? Você que está na cidade de São Paulo e precisa emitir nota fiscal de serviços tem duas opções:

Prestador Pessoa Física:

Pessoas físicas prestadoras de serviços inscritas no cadastro municipal poderão acessar as funcionalidades da emissão de NFS-e por meio do site Nota Do Milhão, clicando aqui.

No entanto, para que seja possível emitir as notas fiscais, é preciso cumprir os seguintes requisitos:

  • Possuir registro no CCM – Cadastro de Contribuintes Mobiliários;
  • Possuir pelo menos um código de serviço válido atrelado ao registro no CCM.

De acordo com a Prefeitura de São Paulo, a emissão de NFS-e estará disponível somente após a  finalização das configurações do perfil do contribuinte e posterior solicitação da autorização para emissão de nota.

Vale destacar que a emissão on-line poderá ser efetuada também em smartphones com conexão à internet ou pelos aplicativos disponíveis nas lojas Play Store e App Store.

Prestador Pessoa Jurídica:

De forma semelhante, as pessoas jurídicas prestadoras de serviços inscritas no cadastro municipal poderão acessar as funcionalidades da emissão de NFS-e por meio do site Nota Do Milhão, clicando aqui.

  • Possuir CNPJ ativo e em situação regular.
  • Possuir registro no CCM – Cadastro de Contribuintes Mobiliários;
  • Possuir pelo menos um código de serviço válido atrelado ao registro no CCM.

Precisa de ajuda para emitir as suas notas fiscais? Conte com a AJMED, oferecemos um treinamento completo e todo o suporte necessário para que você consiga emitir notas fiscais.

Agora que você já sabe o que fazer quando o convênio médico pede nota fiscal? Entre em contato com a AJMED e solicite a abertura da sua empresa.

Abertura de empresa para médicos, como funciona?

O médico que decide abrir uma empresa pode emitir notas fiscais pelos serviços prestados e ao mesmo tempo economizar no pagamento de impostos.

Como médico pessoa física, você precisa preencher mensalmente o Carnê Leão e recolher mensalmente o IRPF – Imposto de Renda Pessoa Física, cuja alíquota pode chegar a 27,5% dos seus rendimentos.

Por sua vez, o médico que decide abrir uma empresa deixa de preencher mensalmente o Carnê Leão e tributar todos os seus rendimentos pelo IRPF – Imposto de Renda Pessoa Física.

Neste caso, é possível optar por regimes tributários que garantem maior economia, como por exemplo, o Simples Nacional, cuja alíquota de contribuição para médicos e outros profissionais de saúde pode ser de apenas 6% ao mês.

Na prática, a menor alíquota de contribuição garante uma economia mensal significativa, aumentando consideravelmente os lucros do profissional de saúde.

Contabilidade para médicos e profissionais de saúde em São Paulo

Procurando uma contabilidade para médicos e profissionais de saúde em São Paulo? Conte com a AJMED, oferecemos serviços completos em contabilidade para profissionais e empresas na área de saúde, incluindo:

  • Time especializado na área da saúde e Clínicas Médicas;
  • 100% das obrigações Fiscais, Contábeis e eSocial entregues;
  • Terceirização do Financeiro de Clínicas através do BPO Financeira para Clínicas Médicas;
  • Redução da carga tributária através da transformação de Clínicas em Hospitais;
  • Suporte e Treinamento para emissão de NFe de Serviços, 
  • Orientação para dúvidas sobre ISS, Glosas Médicas e Convênios;
  • Cálculo de Folha de Pagamento;
  • Dentre outros serviços.

Para saber mais, clique em um dos botões abaixo e entre em contato conosco!

 

 

Os comentários estão encerrados.

ASSINE