Descubra tudo o que é necessário para você abrir uma clínica de psicologia

Como abrir uma empresa médica sendo funcionário público
Como abrir uma empresa médica sendo funcionário público
28 de novembro de 2020
Descubra tudo o que é necessário para você abrir uma clínica de ortopedia
Descubra tudo o que é necessário para você abrir uma clínica de ortopedia
9 de dezembro de 2020
Descubra tudo o que é necessário para você abrir uma clínica de psicologia

Abrir uma clínica de psicologia requer alguns cuidados essenciais. Por isso, se você é um psicólogo e deseja abrir o seu próprio negócio, confira algumas dicas que podem te ajudar nesse momento.

O psicólogo pode atuar de forma autônoma, como também trabalhar em hospitais ou abrir seu próprio consultório. Mas, além dos conhecimentos técnicos na área, é necessário conhecimento de administração e contabilidade.

Em um consultório, o leque de possibilidades são muito maiores do que em uma clínica. As especialidades são mais diversas e o ganho é muito maior. Então, independente da sua escolha, é importante que todos os detalhes para sua abertura estejam em conformidade com o que a lei exige.

Quem pode abrir uma clínica de psicologia?

Apenas profissionais graduados em psicologia e que estejam registrados no Conselho Regional de Psicologia podem abrir uma clínica de psicologia. Essa pessoa deve ser formada numa universidade reconhecida pelo MEC.

Além disso, o responsável técnico da clínica também deve ser um psicólogo formado e registrado. Outra informação importante para quem vai iniciar nesse negócio é que existe um registro específico para esse tipo de atividade, então tome muito cuidado antes de colocar o seu negócio para funcionar.

Uma dúvida muito comum entre os profissionais é sobre o regime tributário, uma vez que existem muitas opções disponíveis para empreendedores. Se você também quer saber sobre esse assunto, leia o próximo tópico desse texto.

 

Qual o melhor regime jurídico?

Quando você decide abrir uma clínica de psicologia, é fundamental entender que o regime de tributação mudará. Isso porque você deixará de atuar de forma autônoma.

Atuar como autônomo pode fazê-lo pagar mais impostos, o que não é nada vantajoso para você que está no início. Por isso, é melhor optar pela clínica como pessoa jurídica.

Vale salientar que todo esse processo deve ser acompanhado por uma assessoria contábil especializada. Por isso, contrate um escritório de contabilidade para cuidar dessas questões que certamente estão fora do seu alcance.

Passo a passo para abrir uma clínica de psicologia

Esse processo é muito importante na hora de abrir uma clínica de psicologia. Então anote todas as dicas que daremos aqui.

1.Conheça o mercado

Conheça o seu mercado de atuação. Saiba quais são as possibilidades de inovação na área, o que já vem sendo feito e o que pode ser melhorado em questão de atendimento.

Estude o seu cliente, os problemas que ele tem e entenda o seu comportamento. Assim você será capaz de oferecer os melhores serviços psicológicos para atender a essa demanda.

2.Veja quem é o seu público-alvo

Ao abrir uma clínica de psicologia, entenda que você pode atender vários perfis de pessoas, como jovens, adultos e também idosos. Todas essas pessoas possuem demandas diferentes e podem recorrer a um profissional dessa área para cuidar da sua saúde mental.

Hoje a psicologia é muito mais difundida do que alguns anos atrás. Por isso, as pessoas têm percebido a importância desse tipo de atendimento. Então, descubra qual será o público da sua clínica para poder investir em divulgação e alcançá-lo.

3.Tenha um plano de negócios

Antes de tudo, tenha um plano de negócios que sirva como base para ter uma visão mais abrangente sobre o seu negócio. Nele você irá definir os seus objetivos, metas e valores primordiais da empresa.

Além disso, nele estarão descritos os dados relacionados ao plano financeiro. Você deverá inserir o valor disponível para investimentos, pagamentos de funcionários e outros custos operacionais e com marketing, por exemplo.

Não esqueça de inserir informações sobre o seu concorrente e sobre o seu cliente. Certamente o plano de negócios será útil em algum momento futuro.

 

4.Cuide da localização

Um ponto muito importante que pode definir o sucesso do seu negócio é escolher bem onde irá abrir uma clínica de psicologia. Faça uma pesquisa para saber onde a maioria dos seus clientes está localizado.

Pense na forma de deslocamento das pessoas, se há ponto de ônibus ou estação de metrô na região. Além disso, verifique se há estacionamento para aqueles que possuem veículo próprio.

Não existe a necessidade de muito espaço no local. Apenas divida-o em pequenas salas aconchegantes, veja onde será a copa e a sala de espera. Além disso, o imóvel deve respeitar a legislação da prefeitura da sua cidade.

5.Contrate colaboradores

A quantidade de funcionários vai depender muito da sua necessidade. Mas nesse momento inicial, o interessante seria contratar pelo menos uma recepcionista.

6.Divulgue o seu negócio

A divulgação é uma etapa fundamental no momento de abrir uma clínica de psicologia. Por isso, contrate uma agência de publicidade para fazer o marketing on e off. Invista também numa logomarca bacana, com uma identidade visual marcante e que fique na mente dos pacientes.

Outra ação muito importante é a criação das redes sociais e de um site ou blog. Que tal promover essas publicações para chegar no seu público-alvo? Então converse com o profissional que estará te ajudando e peça dicas de como otimizar as suas estratégias de marketing digital.

7.Credencie-se em planos de saúde

Outra ação que pode atrair muito mais pacientes para a sua clínica é se credenciar nos planos de saúde. Existem muitas pessoas que utilizam o plano de saúde para realizar atendimentos psicológicos, por conta do valor já incluído no pacote.

Por isso, verifique sobre essa possibilidade e não perca tempo. Cadastre-se para conseguir mais pacientes e aumentar o seu faturamento mensal.

8.Descubra a documentação necessária

Agora que você já possui o seu registro de profissional capacitado para abrir uma clínica de psicologia, entenda quais são os principais documentos requeridos. Todos eles são fundamentais para que seu estabelecimento esteja legalizado.

É muito importante ter um CNPJ e inscrição municipal, além da documentação no cartório para pessoas jurídicas. Em seguida, consiga uma licença da vigilância sanitária e um alvará de funcionamento, além do documento do corpo de bombeiros.

Para saber mais, entre em contato com a AJMED, sua assessoria contábil especializada em saúde!

 

Os comentários estão encerrados.

ASSINE