Contabilidade para psicólogos

livro-caixa-para-médico
Como fazer o livro caixa de médicos
20 de abril de 2022
psicologo-pode-ser-mei
Psicólogo pode ser MEI?
28 de abril de 2022
contabilidade-para-psicólogos

Quando o assunto é contabilidade para psicólogos, é comum que profissionais da área tenham uma série de dúvidas sobre o assunto.

Sabendo disso, a AJMED, sua assessoria contábil especializada em saúde, preparou um conteúdo completo para esclarecer as principais dúvidas relacionadas ao tema, incluindo:

  • Psicólogo precisa de contabilidade?
  • Quanto um psicólogo paga de imposto?
  • Como abrir CNPJ para psicólogos?

Sendo assim, se você possui pelo menos uma das dúvidas acima, continue conosco e acompanhe este conteúdo até o final.

É hora de esclarecer todas as suas dúvidas, economizar no pagamento de impostos e manter todas as suas obrigações em dia com o fisco.

 

Psicólogo precisa de contabilidade?

Por mais que boa parte dos profissionais da área acreditem que não, psicólogos precisam de contabilidade.

A contabilidade para psicólogos é fundamental para que os profissionais da área, com ou sem CNPJ, mantenham suas obrigações em dia com o fisco, incluindo:

  • Apuração de impostos e emissão de guias;
  • Cálculo do pró-labore e folha de pagamento;
  • Entrega de declarações exigidas pelo fisco;
  • Emissão de notas fiscais de serviços;
  • Entre outras obrigatoriedades importantes.

Além dos itens listados acima, o psicólogo que conta com o suporte e assessoria de uma contabilidade especializada em saúde, pode economizar no pagamento de impostos.

Por falar em impostos, você sabe quanto um psicólogo paga de imposto? Isso é o que você vai conferir no próximo tópico deste conteúdo.

Contabilidade para psicólogos: quanto um psicólogo paga de imposto?

O valor que um psicólogo precisa pagar em impostos depende de uma série de fatores, dentre os quais, podemos destacar:

  • Forma de atuação;
  • Regime tributário;
  • Faturamento mensal.

Neste tópico, vamos apresentar as principais formas de tributação para profissionais de psicologia e auxiliar você a escolher a opção que pode lhe garantir maior economia.

Psicólogo pessoa física (autônomo)

Ao contrário do que muitos pensam, o psicólogo que atua como pessoa física, é aquele que possui a maior carga tributária.

A tributação elevada está relacionada ao IRPF, imposto que incide sobre os serviços prestados por profissionais autônomos, com alíquotas que podem chegar até 27,50% ao mês, conforme apresentado na tabela abaixo:

Base de cálculo Alíquota Parcela a deduzir
Até 1.903,98 Isento Isento
De 1.903,99 até 2.826,65 7,50% R$ 142,80
De 2.826,66 até 3.751,05 15% R$ 354,80
De 3.751,06 até 4.664,68 22,50% R$ 636,13
Acima de 4.664,68 27,50% R$ 869,36

Além do IRPF, o profissional ainda precisa contribuir para o INSS e para o ISS, e com isso, boa parte da renda gerada pelos serviços prestados é destinada ao fisco.

Psicólogo pessoa jurídica

Por sua vez, o psicólogo que atua como pessoa jurídica tem basicamente duas opções em regime de tributação à sua escolha.

  • Simples Nacional
  • Lucro Presumido.

Simples Nacional para psicólogos

A primeira opção é o Simples Nacional, regime tributário que contempla todos os impostos em uma única guia e que possui alíquotas a partir de 6% sobre o faturamento mensal do profissional.

No Simples Nacional, psicólogos podem ser tributados no Anexo III ou no Anexo V, respeitada a regra do Fator R, que diz o seguinte:

Anexo III: Destinado a prestadores de serviços que possuem despesas com folha de pagamento (incluindo pró-labore), em volume igual ou superior a 28% do faturamento mensal.

Faixa Receita em 12 meses Alíquota Valor a deduzir
Até 180.000,00 6,00%
De 180.000,01 a 360.000,00 11,20% R$ 9.360,00
De 360.000,01 a 720.000,00 13,20% R$ 17.640,00
De 720.000,01 a 1.800.000,00 16,00% R$ 35.640,00
De 1.800.000,01 a 3.600.000,00 21,00% R$ 125.640,00
De 3.600.000,01 a 4.800.000,00 33,00% R$ 648.000,00

 Anexo V: Destinado a prestadores de serviços que possuem despesas com folha de pagamento (incluindo pró-labore), em volume inferior a 28% do faturamento mensal.

Faixa Receita em 12 meses Alíquota Valor a deduzir
Até 180.000,00 15,50%
De 180.000,01 a 360.000,00 18,00% R$ 4.500,00
De 360.000,01 a 720.000,00 19,50% R$ 9.900,00
De 720.000,01 a 1.800.000,00 20,50% R$ 17.100,00
De 1.800.000,01 a 3.600.000,00 23,00% R$ 62.100,00
De 3.600.000,01 a 4.800.000,00 30,50% R$ 540.000,00

Lucro Presumido para psicólogos

Quando o Simples Nacional não é a opção mais econômica, os psicólogos ainda podem contar com o Lucro Presumido.

No Lucro Presumido, a tributação para psicólogos varia entre 13,33% e 16,33% ao mês, a depender do município onde o profissional presta seus serviços.

Na prática, os impostos federais somam 11,33% e o ISS imposto municipal, varia entre 2% e 5%, com base no que determina o código tributário de cada município.

Em todo caso, precisamos destacar que a abertura de um CNPJ e a opção pelo Simples Nacional ou Lucro Presumido, são alternativas muito econômicas para profissionais de psicologia.

Contabilidade para psicólogos: como abrir CNPJ

Agora que você já conhece a importância da contabilidade para psicólogos e sabe quanto um profissional da área paga de impostos, é hora de conferir o passo a passo para abrir o seu CNPJ.

Mas, antes, é importante destacar que ao abrir o seu CNPJ, você terá acesso a uma série de benefícios, dentre os quais, podemos destacar:

  • Permissão para contratar funcionários;
  • Permissão para emitir notas fiscais;
  • Acesso a linhas especiais de crédito.
  • Mais oportunidades de trabalho em clínicas e hospitais.

Dito isso, veja como é simples abrir o seu CNPJ, com o apoio do serviço em contabilidade para psicólogos da AJMED:

  1. Clique em um dos botões ao final da página e entre em contato conosco;
  2. Receba um orçamento sem compromisso;
  3. Forneça os documentos solicitados por nossos contadores;
  4. Aguarde enquanto registramos sua empresa e obtemos os documentos necessários, como CNPJ e Inscrição Municipal e Alvará de Funcionamento.

Por fim, assim que toda documentação for liberada e o seu CNPJ se encontrar ativo, você poderá começar a atender seus clientes como PJ, emitindo notas fiscais e economizando no pagamento de impostos.

Sendo assim, não perca mais tempo, clique em um dos botões abaixo e entre em contato conosco:

 

 

Classifique nosso post [type]

Os comentários estão encerrados.

ASSINE
Recomendado só para você
Como fazer o livro caixa de médicos? Essa é uma…
Cresta Posts Box by CP