INSS para médico autônomo: Como funciona?

Como credenciar clínica a plano de saúde
Como credenciar clínica a plano de saúde
17 de julho de 2021
Contabilidade para médico
Contabilidade para médicos em São Paulo
23 de julho de 2021
INSS para médico autônomo: Como funciona?

INSS para médico autônomo, como funciona, quanto é preciso pagar? Médicos e outros profissionais autônomos precisam recolher mensalmente a contribuição para o INSS, você sabe como contribuir?

Como calcular o valor do INSS a pagar? Como gerar a guia do INSS para autônomos? Posso recolher o INSS via carnê? Acompanhe esse conteúdo até o final e retire todas as suas dúvidas sobre o assunto.

O que é INSS?

INSS é a sigla para Instituto Nacional do Seguro Social, também conhecido como Previdência Social, órgão ligado ao governo responsável por receber contribuições, conceder aposentadorias e benefícios, dentre outras tarefas relacionadas à gestão previdenciária no Brasil.

De acordo com a legislação em vigor, devem contribuir para o INSS:

  • Trabalhadores urbanos com carteira assinada;
  • Trabalhadores rurais;
  • Empregados domésticos
  • Trabalhadores autônomos;
  • Contribuintes individuais;
  • Empresas e empregadores.

Na prática, pode-se dizer que todo aquele que exerce atividade remunerada precisa contribuir para o INSS, visando a manutenção da Previdência Social, a sua própria aposentadoria e o direito ao recebimento de benefícios previdenciários.

Mas afinal, como contribuir para o INSS? Qual o valor da contribuição a pagar? Como funciona o INSS para médico autônomo? Confira as respostas que você precisa, logo na sequência.

Se preferir, entre em contato direto com nosso time de especialistas, clicando em um dos botões abaixo e retire suas dúvidas:

 

Qual o valor do INSS para médicos?

Médicos e outros profissionais autônomos podem contribuir com 20% da sua remuneração mensal para o INSS, observado o teto do INSS.

Atualmente, o teto do INSS corresponde a R$6.433,57. Essa é a maior remuneração que um aposentado pode receber do INSS. 

Sendo assim, o seu limite de contribuição como médico corresponde a 20% desse valor, ou seja: R$ 1.286,71.

Lembre-se, esse é o valor limite de contribuição. Já o valor mínimo, deve corresponder a 20% do salário mínimo vigente.

Por fim, vale destacar que o valor da sua aposentadoria no futuro está diretamente relacionado ao valor das suas contribuições.

Como pagar o INSS para médico autônomo?

Pagar o INSS para médico autônomo é muito simples, preparamos um passo a passo para ajudar você, confira:

1.Consulte o número do seu PIS

Para contribuir com o INSS para médico autônomo, você precisa descobrir o número do seu PIS. Você pode encontrar esse número na sua carteira de trabalho.

No entanto, caso você não encontre ou número ou mesmo não possua um PIS, basta solicitar o seu no telefone 135 da Previdência Social.

Sem esse documento, você não poderá contribuir para o INSS, portanto, obter um PIS válido é o seu primeiro passo para contribuir com a Previdência Social.

2.Escolha a forma de contribuição

Como vimos anteriormente, a Previdência Social conta com diversos tipos de contribuintes. Por sua vez, cada contribuinte segue regras e alíquotas distintas de contribuição.

Sendo assim, é muito importante que você conheça o código de contribuição correspondente aos profissionais autônomos.

Para contribuir com o INSS para médico autônomo, preencha a guia previdenciária com o código 1107.

  • 1007 – Contribuinte individual – Mensal.

3.Preencha a guia da Previdência Social (INSS)

Agora que você já sabe o seu PIS e o código correto de contribuição, basta preencher a guia e efetuar o pagamento nas agências bancárias até a data do vencimento.

A guia para pagamento do INSS vence sempre no dia 15 do mês seguinte ao recebimento da remuneração declarada.

Para efetuar o pagamento, o médico autônomo tem duas opções:

Adquirir o carnê INSS em uma papelaria, preencher e efetuar o pagamento nas agências bancárias ou lotéricas;

Acessar o site da Receita Federal e gerar a guia na internet, clicando aqui.

Lembre-se de manter a contribuição ao INSS sempre em dia, garantindo assim, os seus direitos previdenciários.

Quais os benefícios do INSS para médico autônomo?

Ao contribuir para o INSS, o médico autônomo passa a ter direito a aposentadoria e uma série de outros benefícios concedidos pela Previdência Social, veja quais são eles:

  • Aposentadoria idade;
  • Aposentadoria por invalidez;
  • Auxílio-acidente;
  • Auxílio-reclusão;
  • Salário maternidade;
  • Auxílio-doença;
  • Salário família;
  • Pensão por morte.

Vale lembrar que para ter direito aos benefícios, é importante manter as contribuições com o INSS sempre em dia.

Como pagar o INSS para médico autônomo em atraso?

Se você precisa acertar o pagamento de uma ou mais contribuições do INSS para médico autônomo em atraso, basta acessar o site da Previdência Social para gerar o valor da guia atualizado.

Você pode acessar o site da Previdência Social para cálculo das guias em atraso, clicando aqui.

Vale lembrar que sobre as contribuições em atraso incidem juros e multa de até 20% do valor devido.

Médico pessoa jurídica contribui para o INSS?

Você sabia que ao abrir um CNPJ e atuar como pessoa jurídica, o médico pode reduzir o valor da sua contribuição para o INSS?

Ao abrir uma empresa, o médico passa a condição de empresário ou sócio, cuja alíquota de contribuição ao INSS corresponde a 11% da sua retirada mensal.

Vale destacar que além de garantir uma redução significativa na sua contribuição previdenciária, o médico também reduz a sua contribuição para o Imposto de Renda.

Como pessoa física, o médico precisa recolher mensalmente o Imposto de Renda, cuja alíquota pode chegar a 27,5% dos seus rendimentos.

Por sua vez, o médico Pessoa Jurídica pode optar pelo Simples Nacional ou Lucro Presumido, ambos com alíquotas inferiores à praticada no Imposto de Renda.

Como abrir uma empresa para médico?

Buscando alternativas para reduzir a sua contribuição para o INSS e Imposto de Renda? Registre um CNPJ e atue como Pessoa Jurídica.

Você pode abrir a sua empresa em poucos passos com o auxílio da AJMED, para isso, basta clicar em um dos botões ao final da página e entrar em contato conosco.

A AJMED é a sua contabilidade especializada em clínicas médicas e profissionais de saúde.

Com 40 anos de experiência no mercado e centenas de clientes satisfeitos, a AJMED é referência em contabilidade médica no país.

Não perca mais tempo, solicite a abertura da sua empresa médica e garanta economia no pagamento da contribuição ao INSS e Imposto de Renda.

 

Os comentários estão encerrados.

ASSINE