7 passos simples para abrir uma clínica estética de sucesso

6 startups que inovaram e fizeram sucesso em nos últimos anos!
7 startups que inovaram e fizeram sucesso em nos últimos anos!
12 de agosto de 2020
clinica de depilação
Abrir uma clínica de depilação: Todos os passos para ter sucesso!
28 de outubro de 2020
7 passos simples para abrir uma clínica estética de sucesso

7 passos simples para abrir uma clínica estética de sucesso

No artigo de hoje, preparamos 7 dicas para você que é um empreendedor da área de saúde e estética e deseja abrir uma clínica estética de sucesso nesse segmento.

Veja abaixo, quais são os procedimentos necessários para regularização de sua clínica estética e conte sempre com o apoio da AJMED.

1. Defina o regime de tributação e o modelo de constituição da sua empresa

O primeiro passo para a abertura de uma empresa, diz respeito a escolha do modelo de constituição e também do seu regime tributário.

Quanto aos modelos de constituição, temos as seguintes opções:

Sociedade Empresária Limitada – LTDA: Em uma sociedade empresarial limitada, o patrimônio dos sócios não está ligado ao patrimônio da empresa.

Uma das vantagens deste tipo de empresa, é a possibilidade do médico abrir a empresa em sociedade com profissionais de outras profissões.

Sociedade Simples Limitada – LTDA: Na sociedade simples limitada, os sócios exercem a mesma atividade e são responsáveis de forma proporcional, ou seja limitada de acordo com suas respectivas cotas do capital social.

EIRELI – Empresa Individual de Responsabilidade Limitada: Para abrir uma empresa EIRELI você não precisará de sócios, sendo essa a sua principal vantagem, por outro lado é preciso integralizar um capital social de no mínimo 100 salários mínimos para abrir a empresa.

Sociedade Simples Pura: A sociedade simples pura deve ser realizada entre médicos, com registro no cartório de pessoas jurídicas. A principal vantagem em optar por este tipo de sociedade está no benefício fiscal de redução da alíquota de ISS – Imposto Sobre Serviços, cobrado pelo município de prestação dos respectivos serviços.

Vejamos agora, as opções dentre os regimes de tributação para abrir uma clínica estética:

Simples Nacional: O regime do Simples Nacional, foi criado pelo Governo Federal para beneficiar e fomentar o desenvolvimento de pequenas empresas, estimulando a sua constituição e rápido crescimento.

A primeira regra para enquadramento neste regime tributário diz respeito ao faturamento anual da empresa, que neste caso não poderá exceder o limite de 4,8 milhões.

Já pensou em terceirizar o seu Financeiro? Leia esta matéria

Vale destacar, que no Simples Nacional, a empresa efetua o pagamento dos tributos através de uma guia única, mais conhecida como DAS – Documento de Arrecadação do Simples Nacional, que engloba todos os impostos devidos com alíquotas reduzidas.

O valor do tributo é calculado com base no faturamento bruto da empresa e não pelo seu lucro. 

Contabilidade para Clínica Médica de Pediatria

Lucro Presumido: Ao optar pelo Lucro Presumido a empresa pagará os seus tributos em guia separadas. Ao final das contas, o valor pago em tributos costuma ser maior se comparado ao Simples Nacional, mas essa não é uma verdade absoluta. 

É altamente recomendada a análise de uma assessoria contábil com experiência na área de saúde para indicar a melhor opção, pois em alguns casos o regime Lucro Presumido demonstra-se mais vantajoso que o Simples Nacional

Veja as alíquotas finais de cada imposto sobre o faturamento para empresas optantes pelo Lucro Presumido na prestação de serviços médicos:

  • IRPJ: 4,8%
  • CSLL: 2,88%
  • PIS: 0,65%
  • COFINS: 3%
  • ISS: 2% 

Lucro Real: No Lucro Real a tributação deixa de ser realizada com base no faturamento da empresa e passa a ser realizada com base no lucro apurado em cada exercício, seguindo as seguintes alíquotas:

  • IRPJ: 4,8%
  • CSLL: 2,88%
  • PIS: 1,65%
  • COFINS: 7,6
  • ISS: 2%

Este  regime é o mais indicado para empresas de grande porte, tendo em vista que a sua tributação está diretamente relacionada com o lucro obtido pela empresa. Sendo assim, empresas que lucram pouco, contribuem com uma fatia menor.

Leia este texto caso queira ter mais noção financeira de clínicas médicas

2.Registro na Junta Comercial

Após a escolha do regime tributário e da forma de constituição da empresa, é hora de realizar o seu registro na Junta Comercial.

No realizado na Junta Comercial constam informações como, os dados pessoais do proprietário, o nome da empresa e seu endereço, as atividades a serem desenvolvidas, o horário de funcionamento, o valor do seu capital social, dentre outras informações.

3.Solicitação do CNPJ

Após registrar e constituir a sua empresa na Junta Comercial, você deverá registrar a empresa na Receita Federal, obtendo assim o CNPJ para abrir uma clínica estética.

4.Solicitação da Inscrição Estadual

Após a emissão do CNPJ e regularização da empresa na esfera federal, você poderá solicitar a inscrição estadual de sua clínica de estética junto a Secretaria de Fazenda do seu estado. 

5.Solicitação da Inscrição Municipal

Após registrar a sua clínica de estética, nas esferas Federal e Estadual, chegou a hora de solicitar a sua inscrição municipal.

A inscrição municipal deve ser solicitada junto a prefeitura do município de atuação da empresa. Através da inscrição municipal a empresa estará apta para emitir suas notas fiscais de serviços.

6. Alvará de Localização e Funcionamento

Ainda junto a prefeitura do município, será preciso solicitar a emissão do alvará de localização e funcionamento da empresa.

Este documento registra a localização da empresa, os serviços prestados e o seu horário de funcionamento e é obrigatório para qualquer tipo de empresa.

Sem um alvará de funcionamento, uma empresa fica legalmente impedida de funcionar e exercer as suas atividades.

7. Licença do Corpo de Bombeiros

Por fim, para entrar em funcionamento com toda a documentação em dia, será necessário obter uma licença junto ao Corpo de Bombeiros do seu município.

A autorização do Corpo de Bombeiros tem o intuito de garantir que as normas e exigências relacionadas à prevenção e ao combate de incêndios estão sendo corretamente seguidas.

Para solicitar a autorização, será necessário se dirigir até uma unidade do Corpo de Bombeiros em sua região munido de seus documentos pessoais e também do estabelecimento, como CNPJ, contrato social, alvará de funcionamento e a planta do imóvel.

Será necessário ainda, realizar o pagamento de uma taxa de serviços e aguardar a vistoria do Corpo de Bombeiros para abrir uma clínica estética.

Conclusão

Esperamos que com esse passo a passo você tenha retirado todas as suas dúvidas quanto aos aspectos legais para a abrir uma clínica estética.

Finalizei este conteúdo denso, acesse: https://gestaodeclinicas.ajmed.com.br/7-passos-para-abrir-clinica-estetica/

Caso você ainda, tenha dúvidas ou deseje efetivar a abertura de sua clínica de estética, entre em contato com a AJMED!

Os comentários estão encerrados.

ASSINE
Open chat
Estou no site da AJMED e gostaria de tirar uma dúvida!!!!